ALTOS IBÉRICOS RESERVA, O MELHOR TERROIR DE RIOJA ENGARRAFADO

1870 se iniciava a jornada da família Torres com a fundação de sua Bodega por Don Jaime Torres.

Devido às exportações, os vinhos da Bodega Torres tiveram um reconhecimento internacional, ganhando vários prêmios e assim expandiram muito seus negócios no início do século XX.

Em 1939 a Bodega foi bombardeada durante um ataque na Guerra Civil, mas ressurgiu para nos dias de hoje, ter um reconhecimento como umas das primeiras vinícolas do mundo.

Um de seus vinhos ícones nasceu na fazenda de Mas La Plana (vinho recebeu esse nome), um vinhedo familiar que tem sido de grande diferencial para o crescimento da empresa nos últimos 20 anos, aliás Miguel Agustín Torres atual presidente da empresa vive juntamente com sua esposa neste vinhedo.

Hoje a Bodega Torres é considerada umas das vinícolas mais modernas e ecológicas do mundo, possui modernas instalações para processamento do mosto e caves subterrâneas. Em 1996 Miguel Torres resolveu expandir a vinícola, nos dias atuais eles produzem vinhos em praticamente todas as regiões com denominação da Catalunha.

Em 2005, a família Torres decidiu abrir uma bodega na cidade de Labastida, no coração da região de Rioja Alavesa. Essa região foi escolhida pelo seu potencial vitivinícola que permite a produção de vinhos de alta qualidade e com personalidade.

Nesse contexto, Altos Ibéricos Reserva, representa o melhor do terroir de Rioja em uma garrafa.

De coloração cereja escuro, com aroma frutado e com notas de especiarias, na boca se apresenta firme, denso, com tanino encorpado e se mantem elegante até o final de boca.

Após 16 meses de envelhecimento, este elegante Tempranillo homenageia a tradição vinícola desta família.

Deixe uma resposta