Sem categoria

Posted in Novidades, Sem categoria, on 6 setembro 2019, by , 0 Comments

A famosa e reconhecida internacionalmente Cachaça Brasileira tem o seu dia de comemoração: 13 de setembro.

Essa data foi aprovada no ano de 2010 pela Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, devido aos acontecimentos históricos ocorridos no Brasil nesta data.

Desde o Brasil Colonial, a produção de cachaça era muito importante para a economia no Brasil. Com o aumento da produção e consumo da cachaça brasileira, houve uma redução drástica no consumo de Bagaceira, o destilado importado de Portugal.

A Corte Real Portuguesa, muito incomodada com esse fato, em 1649, por meio de uma Carta Real, proibiu a fabricação e comercialização da cachaça em todo o território brasileiro.

Com o passar dos anos, indignados com o impostos cobrados e a perseguição em relação à venda e produção da cachaça, os proprietários de plantação de cana de açúcar e de alambiques, se revoltaram, e no ano de 1661, tomaram o poder no Rio de Janeiro por um período de mais ou menos 5 meses, resultando assim, em um dos primeiros movimentos de insurreição nacional, que ficou conhecido com a Revolta da Cachaça.

No dia 13 de setembro de 1661, a corte portuguesa, assinou uma permissão para a produção e comercialização da cachaça no Brasil.

O IBRAC (Instituto Brasileiro da Cachaça) afirma que a cachaça brasileira se tornou um símbolo nacional, por ser diferenciada de outras produções feitas pelo mundo. Possuímos uma grande diversidade de madeiras, dando a bebida sabores e aromas únicos.

Mas ela também tem suas regras de fabricação. A cachaça tradicional deve ser feita exclusivamente do caldo de cana fresco, isto é, a cana deve ser colhida e processada no período de 24h. Além disso, também não é permitido qualquer tipo de infusão no caldo da cana (frutas e ervas), e deve ter no mínimo 38% de álcool.

Existe também 3 tipos de variações de cachaça: A adoçada, que é produzida com adição de açúcar, a armazenada em tonéis de madeira e a envelhecida, que para ser reconhecida dessa forma, no mínimo 50% da produção deve ser estocada em barril por no mínimo 1 ano.

Claro que todo esse cuidado e qualidade traria resultados ao Brasil, atualmente segundo o IBRAC, cerca de 8,75 milhões de litros de cachaça são exportadas para mais de 60 países todos os anos.

Histórias a parte, vamos comemorar esse dia 13 de setembro com uma deliciosa cachaça?

Pode ser como caipirinha, em outros drinks ou pura mesmo, o importante é comemorar 😉

Continue vendo...

Posted in Novidades, Sem categoria, on 21 agosto 2019, by , 0 Comments

No capítulo de segunda feira 19/08/2019, em uma novela da Emissora Globo, foi aberta uma garrafa de uma das champagnes mais famosas do mundo: Dom Pérignon.

Muitas pessoas ainda não conhecem a lenda em torno dessa Champagne, e você conhece?

Diz a lenda, que o champagne foi descoberto pelo monge Dom Pérignon, no século 18. Ele era responsável pela produção do vinho do convento, e ao abrir uma das garrafas percebeu que o líquido estava borbulhante, e teria dito a marcante frase: “Estou bebendo as estrelas!”

Lendas a parte, ele teve um papel importante sim na criação dessa bebida, pois ele conseguiu controlar a fermentação, adicionando no vinho leveduras para o surgimento da segunda fermentação na garrafa e reforçou essas garrafas para evitar que elas explodissem.

Mas o fato é, que a partir de 1800, champagne virou sinônimo de sofisticação, glamour e celebrações. Um de seus maiores fãs, era Napoleão Bonaparte que teria dito a famosa frase sobre a bebida: Nas vitórias é merecido, nas derrotas é necessário”.

Saint

Continue vendo...

Posted in Sem categoria, on 5 julho 2018, by , 0 Comments

Essa é uma dúvida muito comum para os casais. Quanto mais você pesquisa, mais confuso você fica.

A equipe do Empório Santa Joana disponibiliza profissionais capacitados para esse tipo de consultoria. A orientação é muito importante, para que o casal se sinta seguro no seu grande dia.

Esse calculo é complexo, pois tudo de uma certa forma acaba influenciando a quantidade de bebida servida, então algumas perguntas são básicas: tempo de duração do evento, data (estação do ano), tipos de bebidas, climatização do salão, entre outras perguntas.

Mas vamos passar umas dicas, somente para que você tenha uma ideia da quantidade aproximada:

Espumante – 3 pessoas por garrafa

Vinho Branco – 3 pessoas por garrafa

Vinho Tinto – 6 pessoas por garrafa

Whisky – 10 pessoas por garrafa

Gin/ Vodka/ Sake (drink) – 8 pessoas por garrafa

Licor – 50 pessoas por garrafa

Cerveja – 300ml por pessoa

Refrigerante – 600ml por pessoa

Água – 900ml por pessoa

Até breve!

Continue vendo...
X